Mais vale a lágrima da derrota, do que a vergonha de não ter lutado. (Bob Marley)

sábado, 22 de julho de 2017

Atualizações

   Olá amigos ultimamente tenho convivido com algumas notícias ruins em minha vida, até por isso diminui um pouco minha participação na blogosfera. 
   Para quem me acompanha, em Setembro de 2016 fiz uma postagem sobre alguns empréstimos que fiz. Em anexo a  postagem;
http://betofiscal.blogspot.com.br/2016/09/agiotagem-emprestimos-e-crime.html

  Pois bem, um desses devedores, meu vizinho e amigo, que me devia R$ 1000,00 morreu no início do mês, um cara com quarenta anos sofreu um infarto fulminante, deixando filhos pequenos e esposa.
Fiquei triste sabe, ultimamente, esse amigo nem conversava comigo,segundo outros amigos, o mesmo estava com vergonha da dívida comigo e de não poder honrar com a mesma. Triste saber que o cara morreu com esse problema comigo, não da minha parte, más fazer o que ? Esse tipo de acontecimento serve de alerta para quem gosta de emprestar dinheiro, o risco é enorme e na maioria das vezes acaba mal com brigas e discussões.  Estou com o cheque do devedor, más não vou correr atrás disso, darei como prejuízo.

   Outra notícia ruim, após o meu pai recuperar da fratura, descobriu uma doença maligna, o câncer, já começou a quimioterapia, agora só Deus mesmo para ajudar, Meu pai tem um patrimônio razoável, más pouco líquidos, talvez terei que ajudar mais meu pai e minha mãe, diminuindo os aportes. Notícias inesperadas e ruins fazem parte de nossas vidas, muito das vezes não aceitamos, más temos que aceitar com resignação.  Serve também para ajudar na mudança de postura em como levar a vida. 
   Abraços e até a próxima!!!

sábado, 1 de julho de 2017

Compras, rendimentos e renda passiva em Junho de 2017

   Olá companheiros de blogosfera, esse mês não tive muito ânimo em participar ativamente da comunidade, algumas notícias tristes de saúde em família te fazem repensar sobre a necessidade de acumular dinheiro, a pessoa aporta grana a vida toda, aí na hora de usufruir, vem uma notícia de uma doença fatal e pronto, do que adiantou economizar a vida toda e aproveitar pouco a vida ? , bom ao menos juntou dinheiro para um tratamento mais digno no final da vida.



Minha compra de ações esse mês foi destinada a Natura, desde 2014 não aportava nela, estudando mais um pouco as perspectivas, percebi que a empresa está se mexendo para diversificar os canais de venda, comprou a Body shop da Loreal. Apesar das dividas altas e dos lucros ruins, ainda vejo o case de sucesso para longo prazo. Os produtos Natura são bons e tem demanda.



Tesouro IPCA 2035 mais juros semestrais:  Também comprei mais 0.3 desse título a um rendimento combinado de 5,59% mais IPCA, O dinheiro foi proveniente do resgate do fundo de ações BB Ações Dividendos. 

RENDIMENTOS:

Carteira de Ações: -0,53%
Carteira de Fundos Imobiliários: -1,18%
Fundos de Investimentos: 0,96%
Tesouro Direto:0,17%
LCI: 0,60%
Poupança: 0,63%

Consolidado mensal : -0,25%
Consolidado anual:  6,81%


   O rendimento consolidado da carteira total foi negativo em 0,25%, impactado negativamente pela carteira de ações, no mês Banco do Brasil, Grendene, Hering, Natura, Valid e Weg tiveram quedas que refletiram no consolidado da carteira de ações. Em contra partida Ecorodovias, Banco Pine, Sabesp, Vale e Ultrapar subiram bem as cotações. Carteira de fundos imobiliários tiveram uma queda expressiva de 1,18%.



RENDA PASSIVA($$$$$):

Dividendos de ações: R$ 547,72
Rendimentos de Fundos Imobiliários: R$ 424,56

Total de renda passiva em Junho de 2017: R$ 972,28
Total de renda passiva em 2017: R$ 5165,11


Agradeço as visitas e tenham todos um ótimo mês de Julho com muita saúde e alegria.



sexta-feira, 2 de junho de 2017

Compras, Rendimentos e Renda Passiva em Maio de 2017.

   Olá amigos ! mais um mês terminou, no final de Maio voltei ao trabalho normal, meu pai já está bem melhor, algumas vezes me dá uma sensação que poderia estar fazendo algo diferente, talvez empreender, voltar ao mercado de trabalho, voltar a estudar, não posso ficar estagnado na carreira, infelizmente o plano de cargos e salários do meu atual cargo é pífio. Largando de choro e indo diretamente ao tema do post.


Esse mês comprei minha quarta elétrica da carteira, não era justo deixar de ter a empresa com os melhores resultados financeiros do setor. A Engie, antiga Tractebel possui margem líquida em torno de 25% e ROE em torno de 23%, apresenta um portfólio bem diversificado de fontes de energia ao contrário de outras elétricas.  Comprei 100 ações ao preço de R$ 34,02. 

       
        Continuei os resgates nos fundos de investimento Banco do Brasil e com o dinheiro do resgate comprei mais duas cotas do HGLG11- CSHG Logística fundo de investimento imobiliário ao preço de R$ 1227/cota. No momento o fundo apresenta vacância física em torno de 21%, que compromete a renda em 18%. Fundo apresenta atualmente 72% dos contratos de aluguéis vencendo depois de 2020. 






Tesouro Direto

Durante o mês comprei mais 0.6 NTNB Principal 2024 a taxa de 5,28% mais IPCA.


RENDIMENTOS:

Investimentos Rendimento 
Carteira de ações 1,29%
Fundos imobiliários 1,53%
Fundos de Investimentos 1,94%
Tesouro Direto 0,23%
LCI 0,68%
Poupança 0,52%
CONSOLIDADO MENSAL  0,43%
CONSOLIDADO ANUAL  7,06%

   O mês infelizmente terminou com rendimento negativo no consolidado, influenciado pela carteira de ações e de fundos de investimentos. Mais um mês bom para os fundos imobiliários. Com o episódio da delação da JBS, até pensei que os resultados iam ser piores. 

RENDA PASSIVA: 

Dividendos de Ações: R$ 698,75
Rendimentos de Fundos Imobiliários: R$ 371,02
Juros semestrais de títulos públicos: R$ 73,27

Renda Passiva em Maio de 2017: R$ 1143,04

Renda Passiva em 2017: R$ 4192,83.

   Maio, foi o segundo mês com maior recebimento de renda passiva, perdendo só para Abril, muito bom ver dinheiro entrando na conta sem muito esforço, apesar de alguns fundos imobiliários estarem diminuindo a distribuição de rendimentos, Edga11, principalmente, o mês teve muitos dividendos de ações, Grendene, Hering, Aes Tietê, Totvs, Odontoprev, Valid e Banco do Brasil pagaram nesse mês. 


  Quero deixar meus votos de muita saúde e alegrias a todos em Junho. Até mais!!!



quarta-feira, 24 de maio de 2017

Resenhas


O Jeito Peter Linch de Investir
Esse mês terminei a leitura desse livro, sempre tinha visto muitas indicações de leitura dele. Peter Linch foi por muito tempo um gestor de um fundo de investimento em ações dos Estados Unidos, o Fidelity Magellan Fund, sempre aprendemos com leituras novas, apesar do mercado americano de ações ser bem mais ativo, antigo e com um número bem superior de empresas listadas  a nossa bolsa. O autor durante o livro cita que sempre foi investidor de longo prazo, que ignora as altas e baixas do mercado, não gosta de ouvir recomendações de analistas. Uma palavra nova de mercado que aprendi no livro, foi "teenbager", aquela  ação que tem potencial de aumentar em 10 vezes o seu preço de compra. Até o momento, não tenho nenhuma em minha carteira, rs.... 
   O autor gostava de visitar lojas, testar produtos, visitar a sede da empresa, falar com o Gestor de R.I da empresa ao se tornar sócio, ou ter interesse em ações de uma determinada empresa. 
   Como método de compra gosta de analisar relação P/L, Caixa disponível, lucro  e dívida da empresa, segundo o mesmo, quanto mais simples o negócio melhor as chances de darem certo. 
   Quanto aos dividendos, levanta um tema interessante, muitas empresas preferem não pagar dividendos, no entanto utilizam o caixa em "piorização", segundo ele entra em negócio e compras de empresas ruins. Eternit, é um bom exemplo disso. O autor não gosta de empresas com muita participação de instituições financeiras, gosta de empresas que os membros da mesma, estão comprando ações. Quero continuar meu aprendizado com outras leituras, ainda esse ano. 
                                                                                                                                                                                   
Delação dos controladores da JBS

    Dia 18 de Maio a Bolsa de valores de São Paulo fechou em expressiva queda de 10,48% pela publicação dos áudios das delações dos controladores do frigorífico JBS envolvendo o presidente Michel Temer, Senador Aécio Neves e outros tantos  políticos, a bolsa estava em uma trajetória de alta, que caminhava para superar a marca de 70000 pontos, más essa delação acionou uma grave crise política no país que possivelmente comprometerá as reformas em curso. Pensar que quando comecei na bolsa comprei ações da JBS, ainda bem que logo me livrei delas, esse tipo de acontecimento infelizmente o investidor minoritário terá que conviver,  muitas de  nossas instituições públicas e privadas estão sitiadas por corruptos.   O risco de investir no Brasil realmente é alto, mesmo assim, seguirei meu planejamento em continuar investindo de forma diversificada.







 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Títulos de Capitalização, uma verdadeira fria!!

   Olá, comunidade da blogosfera de finanças, ainda em casa, acompanhando meu pai, como estou mais em casa, meus pais, pedem para resolverem algumas  coisas para eles em bancos e outros lugares, em uma dessas me deparei com duas verdadeiras furadas que minha mãe entrou. Ela comprou dois títulos de capitalização, um do Bradesco e um da Caixa Econômica federal. Tempos  atrás minha mãe me pediu um dinheiro para cobrir sua conta corrente, falei que arrumava se pudesse dar uma olhada em seus gastos, entre eles, estava um título de capitalização, na época solicitei que minha mãe cancelasse a  mesma, entre outras coisas para arrumar o dinheiro a ela e agora de novo entra nessa fria!! Complicado quando a pessoa não pratica a educação financeira.
   Os gerentes dos bancos, aproveitando a péssima educação financeira dos brasileiros e para cumprir suas metas propostas pelos seus patrões,  vivem empurrando lixos como títulos de capitalização, previdência privada e fundos aos correntistas.  
   O título de capitalização é vendido como uma forma de juntar dinheiro e ainda concorrer a prêmios, e aí, leitor, conhece alguém que já faturou esses prêmios da capitalização ? Eu não...





 Caracteristícas dos títulos de  capitalização:

1-É uma loteria: Como tal, não deveria ser oferecido em bancos e sim em lotéricas, a chance de alguém ganhar isso é quase irrisória, mesma chance do Beto Fiscal casar com a Bruna Marquesine.

2-Rende menos que poupança: Referente a  parte aplicada todo mês, uma parte é destinada para a cota sorteio, outra grande parte vai para a taxa de carregamento ou taxa de administração, apenas uma terceira parte realmente será capitalizada. No final do prazo a soma do valor investido vai ser igual ou menor ao bruto investido. A parte da capitalização é corrigida pela TR, más as partes retiradas para o sorteio e para o carregamento retiram qualquer lucro sobre o principal. 

3- Se resgatar antes o cliente é punido: Além de geralmente existir um período de carência de pelo menos 12 meses, sem qualquer possibilidade de resgate, caso o cliente resolva resgatar antes, o mesmo será punido com uma alíquota sobre o principal, quanto mais tempo faltar para o final do título, maior será o desconto. Na caixa, por exemplo, como a pessoa só pode resgatar 1 ano após o investimento, caso decida resgatar no décimo terceiro mês, como penalidade o cliente receberia apenas 64% do total investido. 

   Resumindo título de capitalização não é investimento e sim uma loteria, não serve para defender da inflação, não tem qualquer correção do principal investido. Fiquem de olho nos seus pais idosos, conjugues para que não entrem nessa fria e tem gente que acha que gerente de banco é seu amigo......
   Caso queiram realmente terem uma disciplina financeira, invistam em ações, títulos públicos, Lcis  e fundos imobiliários. 
   Quanto a minha mãe tentarei ver com ela a possibilidade de cancelar esses lixos após os períodos de carências. Abraço e até a próxima turma...
Nem todos os R$ 15 depositados mês a mês vão para o título propriamente. Uma parte, ou 1,74% do valor, é usada para a cota do sorteio, ou seja, "compra" o direito de o cliente concorrer a prêmios. Outra parte (de 3,89% a 88,26%, d... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/09/05/titulo-de-capitalizacao-nao-e-bom-porque-a-renda-e-zero-diz-economista.htm?cmpid=copiaecola
Nem todos os R$ 15 depositados mês a mês vão para o título propriamente. Uma parte, ou 1,74% do valor, é usada para a cota do sorteio, ou seja, "compra" o direito de o cliente concorrer a prêmios. Outra parte (de 3,89% a 88,26%, d... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/09/05/titulo-de-capitalizacao-nao-e-bom-porque-a-renda-e-zero-diz-economista.htm?cmpid=copiaecola

sábado, 6 de maio de 2017

Primo Rico Primo Pobre

   Olá amigos da blogosfera, como comentei no último post, meu pai fraturou um osso da bacia e por conseguinte tirei uma licença do trabalho para acompanhar o mesmo, quando se tem um acidente dessa magnitude, alguns familiares vem visitar o enfermo em nossa casa, um deles foi o primo Rico. 
   O primo Rico, é primo primeiro do meu pai e irmão do primo pobre, deve ter por volta de seus cinquenta anos, formado com muita dificuldade no início dos anos 90 em Engenharia, para começar casou com uma mulher que tem seu trabalho e sempre ajudou nas despesas domésticas. O primo Rico no início dos anos 90, logo após sua formação, conseguiu ser aprovado para ser professor em uma universidade estadual, aliado a isso trabalhava como autônomo, dando assistência técnica em construções  de casas. No início da vida profissional nunca foi de esbanjar, tinha carro popular, morava em casa pequena e até pouco tempo nunca tinha ido a praia.

   O primo pobre, para começar, o pai dele, tio do meu pai, sempre o protegeu, inclusive esse primo, foi um dos causadores da falência desse tio, sempre colocando o mesmo em  negócios ruins. Conseguiu formar em Direito, no final dos anos 80, assim que se formou, o meu tio pagou um cursinho para concursos para ele, o mesmo conseguiu passar em um bom concurso federal, primo pobre para azar dele, apaixonou por uma mulher errada, primeiramente ajudou a mesma a se formar em um desses cursos de humanas, a mesma nunca o ajudou com despesas em casa e ainda exigia coisas boas dele, todo ano tinha que  ir a praia, uma diferente todo ano, carro, no máximo de dois em dois anos, trocavam, mesmo que fosse financiado a perder de vista. Tiveram os filhos, seguindo o exemplo da mãe, os filhos queriam sempre roupas e penduricalhos do bom e do melhor.

   Primo Rico, segundo meu pai, era frugal e sempre, desde o primeiro salário, reservava uma parte para investir, não sei no que ele investia nos anos 90, só sei que já no terceiro ano, comprou seu primeiro lote e lá construiu uma casa de dois quartos para aluguel, segundo o meu pai, sempre a cada cinco anos, o primo rico comprava um lote, construia e colocava para aluguel, as vezes o mesmo nem sabia, más desde cedo estava criando patrimônio para geração de renda passiva. Segundo o meu pai, hoje trabalha ainda, para se sentir útil, continua professor, diminuiu sua carga horário ainda faz uns projetinhos por fora. Durante essa semana recebemos a visita do mesmo e como adoro esse tipo de assunto, finanças, puxei muito papo com o mesmo, hoje primo rico tem 5 casas de aluguel e um ponto comercial, segundo o mesmo, nessa atual  crise, apenas uma casa, está com vacância, só desses aluguéis recebe cerca de R$ 6000,00. O mesmo já nessa fase de cinquenta anos, resolveu se dar um presente, tem uma pick up Ranger, ano 2014, segundo o mesmo comprou usada, ano passado e depois de 25 anos de trabalho começou a viajar com a família, todo ano, vai para um lugar diferente. 

   No dia que o primo Rico veio visitar o meu pai, o mesmo deu informações do primo pobre, segundo o mesmo, ele não tinha dinheiro nem para colocar crédito no celular para falar com meu pai, muito menos, viajar da cidade em que mora para  visitar o mesmo. Segundo primo Rico, o pobre entrou em uma ciranda de pagar juros, consignados, financiamentos para cumprir os caprichos da esposa e dos filhos. A casa que comprou financiada, teve que realizar o distrato, pois não estava dando conta de pagar o financiamento. Agora morava de aluguel e estava casado apenas no papel, pois a esposa, na cidade, todos tinham conhecimentos que a mesma o traia. 

   O que tiro como lição dessa história, criar patrimônio para geração de renda passiva, no começo da vida ser mais frugal, muito cuidado ao escolher a companheira de vida, não ostentar o que não pode, não entrar em dividas e financiamentos. Resolvi compartilhar, pois achei interessante a história. Abraço a todos e até a próxima.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Compras, Rendimentos e Renda Passiva em Abril de 2017.

   Olá amigos! O mês de Abril não terminou muito bem, meu pai, sofreu um acidente em casa e fraturou um osso, terei que ficar em casa acompanhando-o, como as coisas mudam de uma hora para outra em nossas vidas, esse tipo de coisa me faz repensar algumas coisas, devemos na medida do possível aproveitar a vida ao máximo. O médico até pela idade receitou repouso absoluto.

HGBS11: Nos investimentos, fiz a compra de 1 cota do fundo imobiliário de shoppings, Brasil Shopping, administrado pela credit suisse, cota bastante cara pelo rendimento que está pagando ao mês. Paguei R$ 2160/cota e no mês pagou R$ 12,40/cota de rendimentos ou  0.57%. A compra faz parte de comprar ativos para aumento da renda passiva, espero que quando as coisas melhorarem no país o rendimento mensal possa aumentar também. 

RENDIMENTOS:


Investimentos Rendimento 
Carteira de ações 0,61%
Fundos imobiliários 0,51%
Fundos de Investimentos 0,85%
Tesouro Direto 0,35%
LCI 0,58%
Poupança 0,55%
CONSOLIDADO MENSAL  0,36%
CONSOLIDADO ANUAL  7,61%

   Em termos de rendimentos, o mês foi negativo, com carteira consolidada desvalorizando 0,36% impactadas pela carteira de ações, Fundos imobiliários e principalmente os fundos de investimentos. O mercado anda preocupado com as reformas da previdência e trabalhistas e também com o ditador norte coreano, tomara que em Maio, melhorem os rendimentos.

RENDA PASSIVA
Dividendos de ações: R$ 839,31
Rendimentos de Fundos imobiliários: R$ 366,38

Total Renda Passiva em Abril de 2017: R$ 1205,69
Total Renda Passiva em 2017: R$ 3049,79

   O mês foi excelente em termos de renda passiva, inclusive a maior recebida nesse ano influenciados pelos dividendos gordos recebidos de Porto seguro, Grendene e Vale. Não sei se terei um mês tão bom como esse, nos próximos, espero que sim. No consolidado do ano, já ultrapassei os R$ 3000, Isso é muito bom, minha meta é 9000,00 no fim do ano, se continuar assim, talvez consiga. 

   Colegas, meu mês de Abril  foi esse, alguns percalços, mas nada que vai me abalar, tenho fé em Deus, que dias melhores vão chegar, abraço a todos e até a próxima.





domingo, 9 de abril de 2017

"O Jeitinho brasileiro" na fiscalização

O jeitinho brasileiro,entendido como um tipo de ação visando obter benefício próprio ou a resolução de um problema prático,  fazendo uso de criatividade, cordialidade, engano e outros processos social, inclusive é tema de estudos de mestrado e doutorado, das áreas de sociologia e antropologia. No Brasil, dizem que essa características está impregnada em nossa história desde a nossa ocupação territorial, portugueses vindo da terra da coroa, segundo a história, marginais, ladrões, condenados, vindos de Portugal já começaram a passar a perna nos Índios, primeiros habitantes desse lado da América, através de trocas perniciosas, ocupações de terras e apropriações. 
   No meu serviço convivo com essas artimanhas diariamente. Beto Fiscal, ""esqueci a documentação da carga, que tal um café ?? Beto Fiscal, meu comércio não tem registro em seu órgão, más vou amanhã lá , pega alguma coisa aí para ti??. Graças a Deus em minha criação, aprendi que o que é meu é meu, o que é dos outros, não é meu. Inclusive junto com a polícia, já coloquei corrupto na cadeia, que me ofereceu uma propina, um dia. Detesto o jeitinho brasileiro para levar vantagem, Muitos ao serem autuados, ligam para amigos políticos, para que o fiscal aliviem a barra do mesmo....
   A Beto Fiscal, más para empreender no Brasil é muito complicado, são muitas leis, muitas exigências, veja o caso da operação carne fraca, fiscais corruptos coligados com empresários gananciosos e quem come carne estragada somos nós, infelizmente, a presença do estado ainda é necessário para coibir práticas ilícitas contra o consumidor.  


   Dando uma vasculhada aqui no YouTube, achei esse vídeo. pelo contexto, parece que alguns fiscais querem autuar um vendedor ambulante e o autuado, usando o jeitinho brasileiro, chama o amigo, prefeito da cidade para aliviar a sua barra. provavelmente os fiscais eram do estado e exigiam nota fiscal ou qualquer outro documento do ambulante. O prefeito em seu autoritarismo provinciano expulsa os fiscais da cidade, más e aí é justo o dono do verdurão ao lado pagar impostos e concorrer bem do seu lado com um senhor que vende laranjas dentro da sua camionete que não paga nada e que tem um produto clandestino não fiscalizado pela vigilância sanitária e pela vigilância agropecuária? 
   Pelos comentários do vídeo, a maioria da população apoia a atitude tirana do prefeito  e a favor do vendedor ambulante, não dá para ter certeza pelo vídeo, qual a classe de fiscalização desses fiscais, más aparentemente são agropecuários, os que fiscalizam presença de doenças e pragas em pomares de laranjas entre outras e ou presença de agrotóxicos. Não parecem ser fiscais da receita, e nem é da vigilância municipal, pois o prefeito manda os fiscais irem para a rodovia...
   Enquanto tiver impregnado o jeitinho brasileiro no DNA das pessoas, terá que existir o poder de polícia estatal para coibir ou diminuir que comemos carne podre, verduras com agrotóxicos, produtos vencidos, que desmatem todas as florestas, que pesquem todos os nossos peixes e etc...E quanto ao vídeo, qual a opinião pessoal ? a favor ou contra a atitude do prefeito ?





sábado, 1 de abril de 2017

Compras, Rendimentos e Renda Passiva em Março de 2017

   Olá companheiros de luta pela independência financeira, esse mês participei pouco da nossa comunidade,  fiz uma viagem  a trabalho para um lugar  mais distante da minha base, outra coisa, que estou percebendo, é a perca de tempo que venho tendo com redes sociais, facebook, whatsapp e etc. Tenho que direcionar meu tempo para coisas mais úteis.  Durante o mês comecei a leitura do livro " O jeito Peter Linch de investir".
   Quanto aos investimentos, foi bem movimentado, com algumas movimentações.



   No início do mês, resgatei mais uma parte de um fundo de ações do Banco do Brasil e comprei mais dois lotes de ações de Odontoprev, empresa redondinha de planos odontológicos e boa pagadora de dividendos. No resultado anual, uma queda pequena no lucro, impactado pelo momento ruim do setor corporativo.




Também comprei mais 70 ações do Banco Bradesco com o dinheiro do aporte novo. Comprei ao preço de R$ 31,80/ação. Esse é sem comentários, sempre lucrando muito, apesar de ter aumento o PDD, provisão para devedores duvidosos. Além do que teremos bonificação em ações no mês de Abril.

RENDIMENTOS


Investimentos Rendimento 
Carteira de ações 0,83%
Fundos imobiliários 2,67%
Fundos de Investimentos 2,48%
Tesouro Direto 0,93%
LCI 0,77%
Poupança 0,60%
CONSOLIDADO MENSAL  1,00%
CONSOLIDADO ANUAL  8,06%


    O mês apresentou quedas nos investimentos de  rendas variáveis, carteira de ações com queda de 0,83%, impactada negativamente por Aes Tietê com desvalorização de 14,81%, Cemig com desvalorização de 12,62% e Valid com queda de 12,40%.
   Carteira de fundos imobiliários também tiveram queda de 2,67%, o que mais me deixou triste foi a distribuição pífia de EDGA11B, cerca de R$  0,10/ cota.
   No consolidado do mês queda de 1,00% com rendimento positivo anual de 8,06%.


RENDA PASSIVA

Dividendos de ações: R$ 305.26
Rendimentos de fundos imobiliários: R$ 380,37

Renda Passiva em Março de 2017: R$ 685,63
Renda Passiva acumulada em 2017 R$ 1844,10.

   As empresas Weg, Bradesco, Ultrapar, Cielo e Banco do Brasil pagaram dividendos em Março. Acredito que em Abril teremos um maior recebimento de dividendos com Grendene, Porto Seguro e Vale pagando dividendos gordos. Rendimentos de fundos imobiliários impactado negativamente pela distribuição baixa do EDGA11B.
   No ano já recebi R$ 1844,10, dando uma média de R$ 614,70/mês, pouco se considerar meus gastos mensais, más acredito que nesse ritmo, dentro de 5 a 7 anos, minha renda passiva vai cobrir meus gastos e com sobra.

   Abraço e um ótimo mês a todos, quero ver se em Abril participo mais da comunidade. 














domingo, 19 de março de 2017

A fórmula da riqueza!

   Olá amigos! estava assistindo alguns vídeos e relendo um livro do Bastter " Eu Quero ser rico" e tenho que concordar com o autor,   a respeito da fórmula da riqueza, o que ele repassa no livro é um bom método para enriquecer. Claro que temos outros meios de conseguir a riqueza, ganhar em uma loteria, receber uma herança. O método normal é o investimento do que sobra dos ganhos em relação aos seus gastos.

Fórmula da Riqueza:

Riqueza= (Ganhos - Gastos) x Juros.

Ganhos: O aumento dos seus ganhos é essencial para atingir a riqueza, seja através de melhoria salarial, através de um melhor emprego com salário melhor, seja através empreendendo ou mesmo com o aumento da renda passiva ( Rendimentos de dividendos de ações, de fundos imobiliários, aluguéis de imóveis). 
   Temos portanto que investir em nossa carreira, adicionar mais conhecimentos que proporcionam melhores remunerações, estudar para concursos, investir em ações, fundos imobiliários, imóveis. O interessante é desenvolver forma de receber ao menos dois tipos de rendas, uma ativa, através do seu trabalho e outra através da renda passiva de seus investimentos. O interessante no começo, é reservar o maior valor possível para aportar. 
   Transformar aquilo que conhece para ganhar dinheiro, pode ser um consultor em uma área determinada (Finanças pessoais), Dar palestras, escrever um livro, dar aulas. Já pensei em fazer uma dessas atividades, além da minha principal, o trabalho de fiscalização, para aumentar minha remuneração mensal.

Gastos: Diminuir seus gastos mensais é essencial, diminuindo portanto o consumo desnecessário. Evitar pagar juros desnecessários, não comprar passivos que geram despesas, parar de ficar girando o seu patrimônio que geram custos nas transações. Descubra gastos inúteis, como uma assinatura de revista, que pouco lê, um pacote de TV a cabo pouco usado. Não comprar por impulso, não fazer dividas, não viver de aparência.

"Comprar coisas que você não quer, com o dinheiro que você não tem, a fim de mostrar para gente que você não gosta, uma pessoa que você não é"

Juros: O dinheiro que sobra da relação ganhos menos os gastos deve ficar em bons investimentos o maior tempo possível.   Ficar em investimentos ruins é péssimo para o crescimento da riqueza, no meu caso, por muito tempo meu patrimônio ficou parado, sem aumento por ficar em fundos de investimentos, fundos de ações, por mais de 5 anos meu patrimônio não cresceu. 

   No meu caso, tenho que melhorar meus ganhos e continuar investindo melhor, garantindo melhores juros, quanto aos gastos, me considero, frugal, não sou de ficar fazendo muitos gastos desnecessários. abraço e até a próxima!!

quarta-feira, 1 de março de 2017

Compras, Rendimentos e Renda Passiva de Fevereiro 2017

   Olá amigos! carnaval terminado, dizem que aqui no Brasil, as coisas só andam depois dele, no meu caso, quero dar continuidade as adequações na minha carteira de investimentos, resgate dos fundos de ações, troca de ações com resultados ruins. Esse mês atingi uma importante marca no meu patrimônio, impulsionado pela alta das ações e dos fundos imobiliários, a cada dia que passa, mesmo com o sobe e desce das ações, vejo que o "Buy and Hold" é o método mais adequado para o meu perfil de investidor.
   Além da compra de Ultrapar, citado em uma postagem de Fevereiro, também comprei 0.4 do título público IPCA + Juros semestrais  com uma taxa pactuada de 5,29%  mais IPCA. Investimento nesse título será importante para o aumento da renda passiva ao longo do tempo. Nos meses de Maio e Novembro, o mesmo paga cupom semestral.

RENDIMENTOS


Investimentos Rendimento 
Carteira de ações 7,12%
Fundos imobiliários 5,75%
Fundos de Investimentos 1,86%
Tesouro Direto 0,96%
LCI 0,64%
Poupança 0,65%
CONSOLIDADO MENSAL  4,44%
CONSOLIDADO ANUAL  9,22%

   O mês foi excelente em termos de rentabilidade, carteira de ações teve uma alta fantástica de 7,12% impulsionada por alta de Cemig de 28,70%, CCR com alta de 14,25%, e Hering com alta de 11%. Carteira de fundos imobiliários seguindo escalada de alta, dos meus fundos apenas FIIP11B e KNRI11 tiveram quedas nas cotações. No consolidado final carteira terminou com alta de 4,44%.

RENDA PASSIVA

Dividendos de ações: R$ 9,71
Rendimentos de Fundos Imobiliários: R$ 462,83
Juros semestrais de títulos públicos: R$ 154,60

Renda Passiva em Fevereiro de 2017: R$ 627,14
Renda Passiva total em 2017: R$ 1158,47

   A renda passiva de Fevereiro melhorou em relação a Janeiro, o fundo imobiliário FIIP11B pagou o rendimento atípico maior nesse  mês, além do recebimento de juros semestrais do título público NTNB 2020 com juros semestrais. Destaque negativo para os dividendos de ações, nem dez reais recebidos em Fevereiro. Desejando um bom mês de Março de 2017, muita paz e saúde a todos.






                                                               The Cure: Just Like Heaven


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Blog " Investindo todo mês"

   Olá amigos da blogosfera de finanças, influenciado pelo maior incentivador da blogosfera de finanças, nosso colega U.ó através do ótimo blog "Abacus Liquid", essa semana li uma postagem lá sobre blogs afastados e sem atualização da blogosfera e me deu uma ideia de estudar e fazer referência a esses blogs. Sempre me intriguei, muitos blogs começam, alguns ficam muito tempo, más a maioria fica 1 ou 2 anos e logo param as atualizações. Farei uma certa análise critica da trajetória do blogueiro na blogosfera de finanças. 
   Nosso primeiro estudo será referente ao blog "Investindo todo mês", durante sua trajetória do blogueiro, o mesmo fez 33 postagens entre 2011 e 2012, o mesmo se  autodenominou  Eduardo, casado, investidor do mercado de renda variável a cerca de 1 ano antes do começo do blog.  As primeiras postagens mostram o seu método para aumentar seus aportes pessoais, ele e a esposa resolveram quebrar o cartão de crédito, também resolveram sair da previdência privada. 
   No começo das postagens, usava o método de day trade e swing trade realizando "stop gain " e stop loss", nas postagens ficava claro o erro de ficar comprando e vendendo ações por indicação do corretor de sua corretora, conversavam pelo "msn", como o tempo passa, Quem usa "msn"  hoje em dia ? 
   Outra coisa interessante que achei nas postagens eram a compra de ações que nem na bolsa, estão mais, comprava uma tal FFTL4, trata-se da Fosfértil, um braço da empresa Vale,  comprava RDCD3, a empresa Rede Card, essa fechou capital, seria uma boa, se estivesse na bolsa até hoje..Muitas empresas que somos sócios hoje em dia, podem não estar na bolsa daqui a 5 anos.
   Nesses trades Eduardo comprava algumas empresas que viraram micos como OGX, assim como o Beto Fiscal, Eduardo também comprou OGX a R$ 17,50/ação, comprou BTOW3, PDGR3.
   Após alguns prejuízos nos trades, Eduardo resolveu mudar seu método de investimentos, sai dos trades para a Alocação de Ativos, procura empresas boas pagadoras de dividendos, resolve definir a carteira através da "alocação de Investimentos"; 20% em fundos imobiliários, 30% em tesouro direto e 50% em ações. Achei interessante, pois entre 2011 e 2012 poucas pessoas falavam em fundos imobiliários e tesouro direto como forma de investimentos.
 A última postagem do Eduardo em que comentou sua carteira para longo prazo visando dividendos e valorização era a seguinte abaixo; Para a época em questão parecia uma carteira bem coerente com empresas lucrativas nesse período, más que com o passar dos anos, pioraram muito os fundamentos, Eternit, Marcopolo, Eletropaulo, Petrobras, Csn diminuíram bastante seus lucros ou começaram a apresentar prejuízos financeiros.

CARTEIRA JULHO DE 2012

CMIG3 dividendos**
COCE3 dividendos**
CSNA3 valorização****
ELPL4 dividendos**
BBAS3 dividendos**
PETR4 valorização**
RDCD3 dividendos****
RAPT4 valorização
VALE5 valorização***
ETER3 dividendos***
POMO3 dividendos****
TRPN3 valorização
AEFI11 aluguel
WPLZ11B aluguel
BCFF11B aluguel
HTMX11B aluguel
EURO11 aluguel
TRXL11 aluguel
NTN-B juros
NTNB PRINC juros

   Em suas postagens Eduardo apresentou uma boa característica de investidor, o aporte constante, cerca de R$ 5000,00 ao mês, más em Agosto o mesmo realizou sua última postagem,  o mesmo acabou com a sua carteira a longo prazo para segundo o mesmo, a concretização de um negócio irrecusável, a compra de um apartamento por 250 mil, segundo o mesmo avaliado em 400 mil reais na época. Deu uma entrada de 160 mil, dinheiro da carteira de investimentos, o restante seria pago parcelado a cunhada, cerca de 90 mil reais, a cunhada por sua vez com o dinheiro do apartamento comprou uma chácara que ficará para Eduardo, pois a cunhada não tinha herdeiros, pareceu ser realmente um bom negócio. 
   Eduardo prometeu que após a quitação do apartamento, voltaria a aportar para obter renda passiva e poderia voltar a fazer postagens, Quem sabe o "Investindo todo mês" não volta a atualizar o blog" dentro de pouco tempo então. 
   Bem pessoal, achei interessante esse estudo, como investidor amador sempre temos a aprender com os erros e acertos de outras pessoas.  Para quem quiser verificar as postagens do mesmo, fica o link abaixo, abraço e até a a próxima postagem com o fechamento mensal do Beto Fiscal.




domingo, 12 de fevereiro de 2017

Troca de Ogx por Ultrapar!!

   Olá amigos da blogosfera de finanças, esse início de Fevereiro de 2017 continuei a movimentar a carteira de investimentos. No começo do mês resgatei cerca de R$ 3000.00 do fundo de ações BB e comprei minhas primeiras ações da holding Ultrapar, empresa com lucros consistentes e crescentes ano a ano composta pelos negócios Postos Ipiranga, Ultrafarma, Ultragás, Oxiteno e a Ultracargo. A despeito de apresentar margens baixas, características do setor de distribuição e comercialização de combustível, os lucros saíram de  187 milhões em 2007 para 1 bilhão e 600 milhões em 2016. Comprei 50 ações a 66,00/ação.

   O título da postagem trata-se da entrada de uma empresa do setor de Petróleo, Gás e biocombusíveis, no caso a Ultrapar e a saída de outra, do mesmo setor,  a Ogx.  Beto, más ainda estava investindo na OGX ? claro, que não amigos, apenas concretizei meu prejuízo, vendendo minha única ação da OGX . 

   Em Março de 2012, não analisava fundamentos, resultados trimestrais das empresas para fazer as compras, pensava apenas em comprar e e vender com lucro, tempos mais tarde. Para essa estratégia, segui  notícias e recomendações como essas abaixo; 




   Na blogosfera, temos discutido e visto que uma das maneiras mais fácil de zerar seu patrimônio é seguir dicas de corretoras, gestoras sem fazer um profundo estudo do ativo. No caso comprei 120 ações da OGX em Março de 2012 por 16,55/ação. Em abril de 2016 essas ações estavam valendo cerca de R$ 0,06/ação, quando as mesmas sofreram agrupamento, restando após o agrupamento 1 ação  com cotação de R$ 4,32. Pode ser algum tipo de toc, más essa ação da OGX estava me incomodando, sempre me lembrava da burrada que fiz em comprar essas ações. Essa semana resolvi vender essa ação e seguir em frente. Prejuízo assumido de mais de R$ 2000,00. Meus erros nessa operação; comprar ação de uma empresa pré operacional que nunca deu lucro, não ter saído antes, ficar esperando o empate para sair.


   O acionista majoritário da OGX, Eike Batista foi preso pela polícia federal dentro da operação Lava jato, segundo as investigações por suposto   envolvimento em lavagem de dinheiro e corrupção ativa juntamente com o ex governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Cerca de 51.000 acionistas viram seu patrimônio virar pó com a derrocada da Ogx, no meu caso, não considero um valor tão alto, más serve de alerta para que tomemos muito cuidado ao investir na renda variável. Amigos, um abraço a todos e até a próxima.



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Compras e Rendimentos de Janeiro de 2017

   Olá amigos da blogosfera de finanças. Primeiro mês do ano de 2017 já terminou, foi um mês complicado para o Beto Fiscal. Tive alguns problemas de saúde, nada muito grave, o que me deixou um pouco afastado da comunidade. No mês também sofri com meu computador, estava lento, dando problemas no Windows, resolvi em vez de levar para assistência técnica, eu mesmo formatei o mesmo e só agora consegui reinstalar os drivers e programas essenciais, foi interessante fazer isso, más não sei se na próxima faria isso novamente. Fiquei muito ansioso até conseguir arrumar o mesmo. 
   Nos investimentos, foi um mês muito bom para a rentabilidade da carteira e razoável no recebimento da renda passiva.

HGRE11:  No início do mês comprei mais 3 cotas do fundo imobiliário CSHG Real Estate -HGRE11, o fundo vem apresentado um aumento da vacância, vem pagando rendimentos mensais acima do realmente recebido, utilizando reserva de caixa, más ainda assim, acredito ser um fundo bem administrado pela Credit Suisse. O dinheiro da compra foi proveniente do resgate do título público pré fixado LTN 2017.

TIET11:  O dinheiro do aporte novo foi destinada para ações da Aes Tietê, comprei mais 200 ações dessa elétrica, a empresa vem se superando ao fim do contrato com a Eletropaulo, mantendo bons níveis de lucros e distribuição de dividendos. 

RENTABILIDADES

Investimentos Rendimento 
Carteira de ações 5,43%
Fundos imobiliários 5,64%
Fundos de Investimentos 7,29%
Tesouro Direto 1,70%
LCI 0,80%
Poupança 0,67%
CONSOLIDADO MENSAL  4,61%
CONSOLIDADO ANUAL  4,61%

   Rentabilidade terminou o mês com valorização de 4,61%, interessante notar, que todas classes de investimentos terminaram no positivo, destaque para carteira de ações  e carteira de fundos de investimentos.


RENDA PASSIVA

Dividendos de ações: R$ 55,47
Rendimentos de fundos imobiliários: R$ 385,87
Juros semestrais do tesouro direto: R$ 89,99
Total de renda Passiva em Janeiro de 2017: R$ 531,33

No mês tivemos recebimento de juros semestrais de um título público, as ações como de costume pagaram poucos dividendos em Janeiro, quanto aos fundos imobiliários, mais um mês de crescimento, originado do primeiro provento recebido do VRTA11.

Quero desejar um bom mês a todos, quero ver se em Fevereiro, participo e visito mais os blogs dos companheiros de luta. abraços...


ATENÇÃO: ESSE BLOG NÃO TEM CERTIFICAÇÃO PARA ANÁLISE DE VALORES MOBILIÁRIOS, NÃO OFERECE CONSULTORIA DE INVESTIMENTO E NEM ANÁLISE. TRATA-SE APENAS DE UM DIÁRIO DE UM INVESTIDOR AMADOR.



sábado, 14 de janeiro de 2017

GASTOS MENSAIS x RENDA PASSIVA

   Olá amigos da blogosfera! primeiramente minha tristeza pela saída da comunidade, do nosso amigo "Doutor Honorários", foi um dos  primeiros  blogueiros em que acompanhei, entrei um pouco depois dele aqui na comunidade. Fará muita falta, sempre tinha boas histórias e resenhas a serem contadas e claro, ótimas discussões sobre investimentos. Não sei o motivo, más de toda forma, um grande abraço! 
   Hoje postarei sobre minha renda passiva em relação a meus gastos. Quanto aos gastos, minha metodologia, é anotar os gastos principais com boletos, cupons fiscais e notas fiscais. Quanto aos pequenos gastos, as vezes, esqueço de anotar na minha planilha, por isso, a tabela de gastos é aproximada, cerca de 95% do realizado. 

 Tabela: GASTOS x RENDA PASSIVA DO BETO FISCAL EM 2016
 
MÊS GASTOS R.PASSIVA REND/GAST.
JANEIRO 3300 471,39 14,28%
FEVEREIRO 2400 482,09 20,09%
MARÇO 3000 439 14,63%
ABRIL 2900 743,13 25,63%
MAIO 3200 1311,09 40,97%
JUNHO 2500 604,36 24,17%
JULHO 2300 558,5 24,28%
AGOSTO 2200 669,42 30,43%
SETEMBRO 2300 552,63 24,03%
OUTUBRO 2100 363,91 17,33%
NOVEMBRO 3100 875,93 28,26%
DEZEMBRO 3300 795,74 24,11%
TOTAL 32600 7867,19 24,13%


 GRÁFICO: GASTOS x RENDA PASSIVA DO BETO FISCAL EM 2016

 

    Ao examinar a tabela, verifica-se maiores gastos no início do ano, nessa época temos IPVA, IPTU, Taxa anual do Conselho profissional. Se for, olhar, para quem voltou a morar com os pais, meus gastos estão até um pouco alto. Na verdade ajudo nas despesas aqui em casa, não ficaria confortável em não fazer isso, até acho, que deveria aumentar a contribuição, vamos ver se faço isso, esse ano. Ultimamente venho gastando muito com saúde na parte de exames e remédios, toda hora, surge um problema novo. Vamos ver se em 2017 tenho um ano mais saudável. 
   Em relação ao percentual de renda passiva sobre os gastos mensais, a melhor relação no ano, foi em Maio, onde minha renda passiva cobriu cerca de 40% dos meus gastos e a pior relação, no mês de Janeiro, onde a renda passiva cobriu apenas 14% dos meus gastos.  
   Em relação ao anual, a renda passiva cobriu 24,13% dos meus gastos anuais em 2016, Trata-se ao meu ver de um bom número, se continuar nesse mesmo ritmo de aporte, talvez entre  5  e 10 anos, os meus gastos serão cobertos 100% pela minha renda passiva. 
   Amigos, um abraço a todos e até a próxima!!! Para quem gosta, um pouco da banda britânica, "The cure", Rock New Wave, alternativo, de primeira qualidade..........