Mais vale a lágrima da derrota, do que a vergonha de não ter lutado. (Bob Marley)

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

A previdência privada pode ser uma boa!

    Olá amigos ! Quem diria que algum dia eu faria um post nesse sentido, más realmente a previdência privada pode ser uma boa dependendo do caso particular de cada um. Quem me segue aqui no blog sabe que meu pai faleceu em Outubro vítima de câncer, Pois bem, minha mãe  deixou sua carreira profissional para cuidar   da família, portanto ela dependia totalmente do trabalho do meu pai. 
   Meu pai deixou bens a inventariar imóveis, carros e os equipamentos e máquinas de seus negócios e tudo isso  até terminar o inventário vai demorar a ficar disponível. Ao visitarmos o banco em que o meu pai tinha conta para comunicar o óbito e cancelar cartões e folha de cheques dele e conversando com o gerente da conta dele  ficamos surpresos ao saber que meu pai tinha deixado uma previdência VGBL em que minha mãe era a única beneficiária. 
   A previdência privada tem como grande vantagem não precisar ir para o inventário do falecido  e na visita o gerente passou um 0800 do bancão, onde liguei peguei toda a documentação a ser enviada, preenchi um papel com dados de meu pai e de minha mãe, tirei cópias dos documentos solicitados, certidão de óbito e etc e mandei via correio com um número de código de postagem dado pelo banco e para minha surpresa minha mãe vai receber o dinheiro em sua conta amanhã, ou seja menos de  1 mês após abertura do processo via telefone. 
   Acho que uma pessoa que tem filhos menores e esposa dependente do marido ou vice versa deve pensar sim em ter  uma previdência privada, para quem passou pelo que passei e está tendo essa experiência viu de forma  positiva a previdência privada. Certamente tinha um certo preconceito a essa classe de investimentos, até no meu caso, que não tenho esposa e nem filhos não penso em fazer previdência privada, más se tivesse com certeza pensaria em ter. 
   Meu pai tinha uma previdência privada em um dos bancões e com certeza não observou alguns parâmetros como taxa de administração, taxa de carregamento, rentabilidade, tributação. Quando fez essa previdência pensou apenas na solidez da instituição e em não deixar minha mãe desamparada e só por isso meu velho está de parabéns. Post rápido apenas para compartilhar essa minha experiência, quanto ao inventário só vamos abrir ele ano que vem. abraços e até mais. 

13 comentários:

  1. Opa,
    Deixei uma resposta lá a respeito da emergência / ambulatório.
    Só vi o teu questionamento hoje, quando vim olhar esse post de previdencia...

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Doutor! dei uma olhada lá. Realmente todos erramos, más quando se fala em saúde tem que ter um jeito de ser minimizado. abraço e obrigado por compartilhar sua opinião conosco.

      Excluir
  2. Beto,
    isso é um bom motivo para se fazer um seguro de vida. O "prêmio" é liberado de forma rápida também. Com esse dinheiro a família consegue se manter e inclusive pagar as custas dos trâmites do inventário (não são poucas). Quem tem patrimônio muito grande geralmente não faz pensando que só isso já é suficiente, mas quanto maior o patrimônio mais demorado o trâmite de inventário. Já vi famílias ficarem anos com bens congelados esperando finalizar as brigas entre parentes...

    E nem é necessário informar ao beneficiário sobre o seguro (vai saber o que isso pode ocasionar, né), deixar o advogado/corretor da família ciente já resolve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia essa do seguro também. Acredito que seja um valor especifico para cada plano.

      Excluir
  3. Fala, Beto.

    Claro que tudo depende. Mas no caso de um servidor falecer, por exemplo, já tem a pensão estatutária para conjuge e dependentes, então a privada seria desnecessária no quesito proporcionar renda de subsistência.

    Quem é CLT tem a pensão pelo INSS nos mesmos moldes (embora mais burocrático).

    Mas no caso de quem é empresário sem salário e sem contribuição para a previdência, pode ser uma boa. Eu até acho que o melhor seria um seguro de vida até acumular um valor bacana.

    De toda forma, muito bom saber que vocês tiveram essa grata surpresa e que deu tudo certo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso do meu pai ele era autônomo, ele até já tinha aposentado no valor mínimo do INSS, também estamos correndo atrás disso para minha mãe.

      Excluir
  4. Beto,. Com certeza nao observou algumas coisas como vc disse, ou ate observou mas quem se se orta?.. o importante e ela receber esse suporte.

    anonimo, alguns gostam de seguro dr vida.. porem eu prefiro valer mais vivo que morto. vai saber ne.

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigado por compartilhar este relato conosco, Beto.

    Por ter trabalhado em banco eu sabia desta possibilidade (é inclusive uma das 'armas' de convencimento para a contratação da previdência privada) mas não tive a oportunidade de vê-la na prática.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na prática foi bem prático, apesar de todas da família nunca queriam ter usado essa previdência privada agora. Abraço Longe do limite.

      Excluir
  6. O legal de previdencia privada é quando você paga uma parte e a empresa a outra parte, eu trabalhei 10 anos em um banco, se tivesse optado desde o começo eu poderia ter resgastado o dinheiro exatamente com 10 anos, com um lucro enorme, (banco + eu contribuindo)

    ResponderExcluir
  7. Verdade Stifler! nesse caso é muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
  8. We create this site for you to seek and hire the best Private Retirement in Brazil now. previdencia privada

    ResponderExcluir